Álex de la Iglesia é Diretor, Roteirista e Produtor de Cinema, reconhecido internacionalmente por seus filmes e seu trabalho na televisão. Seu primeiro longametragem, “Acción Mutante”, estreou em 1993 e foi premiado nos Prêmios Goya por sua qualidade técnica em maquiagem, efeitos especiais e produção. Depois deste filme, o diretor continuou sua carreira com “El Día de la Bestia” (1995), “Perdita Durango” (1997), “Muertos de Risa” (1999), “La Comunidad” (2000) e “Crimen Ferpecto” (2004). Todos são exemplos do particular selo do diretor, que consiste em misturar o humor negro com diferentes gêneros. Seu debut em Hollywood foi em 2008 com “Los Crímenes de Oxford”, filme que adaptou o romance do escritor argentino Guillermo Martínez e foi protagonizada por atores da estatura de John Hurt e Elijah Wood. Entre seus últimos trabalhos se encontram “Balada Triste de Trompeta” (2010), “La Chispa de la Vida” (2011), “Las Brujas de Zugarramurdi” (2013), o documentário “Messi” (2014), “Mi Gran Noche” (2015), “El Bar” (2017) e “Perfectos Desconocidos” (2017).

Ao longo de sua carreira conquistou vários prêmios em festivais espanhóis e internacionais. Com o “El Día de la Bestia” foi reconhecido como Melhor Diretor nos Prêmios Anuais da Academia Goya, assim como também no Círculo de Escritores Cinematográficos. O Festival de Cinema de Sitges concedeu a Álex o prêmio Máquina do Tempo em 2005, reconhecendo sua trajetória e carreira. “Balada Triste de Trompeta” deu a Álex um Leão de Prata pela direção e um Prêmio Osella como Melhor Roteiro. Por sua carreira, reconhecimentos e desempenho, foi selecionado como Presidente da Academia das Artes e das Ciências Cinematográficas da Espanha entre 2009 e 2011.

Paralelamente ao cinema, Álex trabalhou na televisão realizando o filme “Películas Para No Dormir: La Habitación Del Niño” (2006) e criou a série paródica de ciência-ficção “Plutón BRB Nero” (2009). Também publicou os  romances “Payasos en la Lavadora” (1997) e “Recuérdame que te Odie” (2014). Recentemente trabalhou no mundo da publicidade com “Una vez en la Vida”, curta que dirigiu para a para American Express e Ogilvy. O filme foi projetado e destruído em um evento privado para os sócios Platinum da marca. Também participou do “Lo Mismo de Nunca”, campanha da LOLA MullenLowe para Cerveza San Miguel Manila. Neste comercial, Álex experimentou formatos populares da Internet e das redes sociais como GIF, Instagram Stories e Boomerang.

Álex de la Iglesia estará presente este ano no El Ojo de Iberoamérica como uma das mentes criativas mais importantes da cultura popular atual, para inspirar os participantes com sua particular criatividade e olho para as câmeras. A Conferência de Álex de la Iglesia conta com o apoio especial da Ogilvy e da American Express.

Reserve hoje seu lugar para se inspirar e se capacitar no El Ojo 2018 e ganhe descontos importantes no seu PASSE, aqui.
Desconto especial para compras realizadas e pagas até 29 de outubro de 2018.